Tratamento com óleo quente

Vocês já conhecem a minha paixão pelos óleos vegetais.  Sempre fico impressionada como realmente eles melhoram a qualidade do cabelo crespo natural. Por isso, meninas, vale a pena experimentar esta receita.  

Este tratamento com óleo quente é feito com azeite de oliva e é excelente para quem tem cabelo carapinha ou muito crespo.

O que ele faz

- repara a cutícula e a restaura a maciez dos fios

- reduz o frizz

- controla as pontas duplas

- melhora a textura do cabelo

- fortalece os fios

Quem tem cabelo crespo mais maleável ou está na fase de transição do alisado para o crespo pode usar? Pode, mas reduza a quantidade de óleo da receita, ok ?

A receita

- ¼ de xícara de azeite de oliva extra virgem (para quem tem cabelo curto) ou ½ xícara para as meninas que tem muito cabelo ou cabelo comprido.

- 1 ampola de vitamina E

Em uma pequena vasilha, coloque o óleo e a ampola de vitamina E. Misture tudo e, em seguida, aqueça lentamente o azeite em banho-maria.  

Como sei que tem meninas entre 11 e 12 anos que leem o blog, acho melhor explicar o que é banho-maria: você vai pegar uma panela de tamanho médio, colocar mais ou menos um litro, um litro e meio de água e levar ao fogo.

Quando a água começar a ferver, você coloca a vasilha com o óleo dentro da panela (não se preocupe porque a vasilha não vai afundar). Como é só para aquecer rapidamente o óleo, prefiro desligar o fogo e depois coloco a vasilha com o óleo. São apenas alguns segundos.

Cuidado para não aquecer demais o óleo. Ele deve ficar com uma temperatura agradável; você vai colocar os dedos e sentir o óleo morninho.   

Mais uma coisa: não utilize vasilhas plásticas porque podem derreter com o calor da água fervida! Criança e fogo não combinam, por isso peçam ajuda para sua mãe ou algum adulto.

Voltando a receita: passe o óleo aquecido por todo o cabelo úmido. Massageie o couro cabeludo e deixe o azeite agir por 15 minutos. Depois enxágüe e lave os cabelos normalmente com xampu, depois o condicionador. Para finalizar, passe o leave-in.

Deixe o cabelo secar naturalmente.  

Você pode fazer o tratamento uma vez por semana, se o seu cabelo estiver muito danificado, ou a cada 15 dias.

Mais um lembrete: para a receita funcionar bem, tem que ser azeite extra virgem extraído a frio, sem mistura de outro óleo (leia o rótulo!).  É um pouco mais caro, mas é um excelente investimento. Eu uso o azeite da marca Native, que custa R$ 21 e ainda é orgânico.  Quem mora em São Paulo pode encontrá-lo no Pão de Açúcar.