Tranças na passarela

Adorei o cabelo que a estilista Paula Raia escolheu para completar o look das modelos na passarela do São Paulo Fashion Week (verão 2012). Para deixar as tranças mais grossas, foram usados apliques.

A foto é só para lembrá-la do quanto a trança pode ajudar a valorizar o seu visual. Não só as meninas de cabelo crespo natural, mas também para quem está na fase de transição. Tem mais sugestões de penteados com trança neste post aqui.

Tranças hoje e sempre

As tranças sempre foram minhas companheiras, desde muito cedo. Minha mãe começou a trançar meu cabelo quando tinha dois anos de idade.

Quando completei 10 anos, não agüentava mais ficar com o cabelo trançado. Queria usar o cabelo solto ou maria-chiquinha (meu sonho de consumo na época). Até cheguei a fazer uma experiência: fui para a escola com a tal da maria-chiquinha feita no cabelo crespo.

Algumas crianças falaram que eu estava parecida com a Lady, do desenho da Disney A Dama e o Vagabundo. Não preciso dizer que nunca mais prendi o cabelo assim. O passo seguinte foi esperar completar 13 anos e alisar o cabelo.

Mas mesmo com o cabelo alisado, ainda fazia tranças. Era uma relação de amor e ódio. Hoje, depois de tantos anos, posso dizer que sinto um carinho profundo pelas tranças.

Respeito a tradição feminina que carregam. Mães e filhas unidas no processo de tecer cabelos, construindo um penteado mágico. Lembro que a minha mãe sempre que terminava de trançar meu cabelinho rebelde, passava a mão na minha cabeça e dava um beijo na minha testa. Boas lembranças!

Além de ajudar a domar o cabelo crespo, também acelera o crescimento dos fios. A trança é democrática e fica bem em qualquer tipo de cabelo: dos mais crespinhos até aqueles com química.

Se você está no processo de transição entre a química e o cabelo natural, ela pode ser um ótimo recurso.

Neste ano, voltaram com força total e decoraram os cabelos de muitas celebridades. Mas para quem tem cabelo crespo, as tranças nunca saíram da moda.

Algumas fotos de tranças rasteiras para você se inspirar.

A cantora Ciara e suas tranças que chegam até à cintura.

Versão mais sofisitcada para noite, terminando em coque

Tranças com tiara de pedrarias da Zona 67, que bela combinação!