Texturização sem química

Vi esta foto da cantora Corinne Bailey Rae e lembrei-me de uma técnica que pode ser muito útil para as meninas que estão na fase de transição: a texturização sem química.

A texturização nada mais é do que mudar o padrão de ondulação dos fios. Existem diferentes maneiras de texturizar o cabelo crespo sem usar produtos químicos: com tranças, torcidinhos, bobes, bigudinhos, etc.

Para as meninas que estão em fase de transição é um ótimo recurso para disfarçar a diferença entre a raiz crespa e as pontas alisadas. Já para quem tem cabelo crespo natural é uma boa maneira de deixar os fios mais maleáveis para fazer vários tipos de penteados.

Descobri esta técnica sozinha aos tinha 15 anos, observando as ondulações que a trança deixava nos meus fios. Sempre fazia no meu cabelo alisado para dar volume e fugir dos fios super esticados.

Como fazer:

1- Lave e condicione os cabelos

2- Desembarace bem os fios, aplique leave-in e divida o cabelo em mechas. Prenda cada mecha com um grampo para facilitar na hora de trançar o cabelo.

3- Trance cada mecha e no final de cada trança coloque um elástico (o de silicone é melhor), para evitar que a trança se desfaça. Se as mechas começarem a secar antes de trançar, borrife um pouco de água para umedecer novamente os fios. Lembre-se: quanto mais larga for a trança, maior será a ondulação.

4- Fique com o cabelo trançado pelo menos um dia, para fixar bem as ondas.

5- Na hora de desmanchar as tranças, as meninas com cabelo crespo natural podem passar nas mãos um pouco de azeite de oliva ou óleo de coco (sem exagerar na quantidade). Passe as mãos com o óleo em cada trança para evitar que o cabelo fique arrepiado (frizz).  Quem está com o cabelo alisado não precisa fazer este processo.

6- Não use pentes. Passe os dedos entre os fios para unir todas as mechas. Assim o cabelo ficará com aspecto uniforme.

7- Na hora de dormir, refaça as tranças. Se sentir que o cabelo está ressecado, passe um pouco de óleo de coco (para o crespo natural) ou leave-in (para quem tem química nos fios). Coloque um lenço de seda para evitar que os fios fiquem arrepiados.

A texturização com tranças é mais indicada para cabelos no comprimento médio ou longo. Nos cabelos muito curtos, a ondulação não aparece.

Só mais uma coisinha: a Corinne Bailey Rae tem o cabelo crespo natural e  faz a texturização com tranças. Observe como o comprimento dos fios faz toda a diferença.

Topetes, tranças exóticas e outros crespinhos mais

Tenho verdadeira fixação pelo visual das cantoras. Quanto mais exótico, mais fascinada fico. Vendo a relação de músicas que mais ouço ultimamente, fica clara esta ligação.

Acho incrível como é possível planejar cada detalhe de um visual para projetar uma imagem moderna, chique, ousada ou exótica. E tudo isso, adotando um corte específico de cabelo ou penteado. Exemplo?

A cantora Janelle Monáe. Tudo nesta mulher nos instiga. Desde o topetão crespo bem planejado até o uso de roupas masculinas. Mas esta mistura ganha ares de feminilidade com a maquiagem que marca os olhos e valoriza o rosto de boneca.

Assistam o video. A música é uma delícia. Impossível ficar parado.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=HjWj5gJ6Kvc[/youtube]

Outra cantora que tem um visual exótico-sexy é a Goapele. A revista americana Essence colocou um vídeo em que a artista mostra como constrói o penteado recheado de trancinhas.

Sim, é um verdadeiro trabalho de construção. Veja o vídeo e você vai entender o que digo.